HOME | SOTMB | VY.COM.BR


#mymusic: goo goo dolls
quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 at 10:23
0 comments

Continuando com mnhas obsessões musicais de 2012, venho falar dessa banda meio obscura e sem cara: Goo Goo Dolls.

Vocês sabiam que a banda existe há quase 30 anos? Que antes de "Iris", eles estouraram com o sucesso de "Name"? E que antes disso eles tiveram 4 albuns lançados que ficaram na cena do college radio/underground? Ou então, que a banda começou sendo punk??? Pois é, o que o Google e o Wikipedia não nos ensinam, né?

Minha relação com a música começou em 2004, quando ouvi pela primeira vez a música "Here is gone", do cd "Gutterflower". Ouvi assistindo o clipe na tv e a música fez todo o sentido pra mim naquele momento. "I was not the answer, so forget you ever thught it was me." Eu vivo tendo que me lembrar disso, eu sempre retorno para essa música. Desde 2004, essa é a música da minha vida.



John delicinha cantando na chuva <3



No video ofcial não dá pra ver muito a banda, e bem, naquela época eu achava que já tinha encontrado meus idolos mór nos Backstreet Boys e estava muito abalada pela perda do Savage Garden (ainda!) pra me apegar a qualquer outra banda. Ou eu simplesmente não estava tão afim de perder meu tempo com isso. Ainda assim, lá por 2008 fiz o esforço de baixar o cd de sucessos ("Greatest hits, Volume 1: The singles"). Quem me conhece sabe que morro de preguiça de baixar coisas!!! Recomendo esse cd para quem quer easy listening e conhecer o que a banda já fez de mais comercial. É um bom começo. E como o nome sugere, existe um "Greatest hits, Volume 2: B-sides, covers and rarities". Um cd bem mais extenso e que acompanha um cd com alguns videos ao vivo. A banda é boa!!!

Confesso que parte do meu amor pelos Goo Goo Dolls vem do fato do John Rzeznik, o vocalista, ser um puta gato! Como vou resistir a uma versão mais acanhada e uns anos mais novo do Jon Bon Jovi??? E que canta oom aquela voz rouquinha todas aquelas melosidades???

Mas claro que só isso não sustena, eu gosto muito da música atual deles. Como eu dise, eles começaram como uma banda de punk, e eu não consigo escutar mais do que 30 segundos de casa música do primeiro album deles! Alias, uma curiosidade: era o Robby Takac, baixista da banda, que cantava a maior parte das músicas no primeiro cd. Ele fala que o John não se achava capaz de compor e cantar!!!

"Name" foi tocada meio que por acaso por um dj de uma rádio rock nos EUA. Não era música de trabalho nem nada. Dentro de "A boy named goo", é a música que destoa, a única "fofinha". É a primeira vez que John usa uma afinação alternativa no seu violão, fazendo o som soar mais "frouxo", quase como se o instrumento tivesse mais cordas. Isso se tornaria uma das marcas registradas da banda nos sucessos seguintes, inclusive em "Iris".

"Iris" foi uma música "encomendada". Depois do sucesso de "Name", os produtores do filme "Cidade dos anjos" (City of angels) resolveram pedir para que a banda assistisse e escrevesse uma música para os personagens principais. Depois do sucesso enorme de "Name", "Iris" conseguiu ser ainda maior, um sucesso mundial! E foi um grande remédio para o John, que até então sofria de bloqueio criiativo. Depois de "Iris", ele finalmente se libertou do medo de não conseguir alcançar o sucesso do disco anterior e escreveu "Dizzy up the girl".

Além dos greatest hits, eles lançaram em 2000 o album "What I learned about ego, opinion, art and commerce", uma coletânea que resume a banda fora dos sucessos comerciais. É um apanhado que retrocede de "Dizzy" até o primeiro cd ("First Release"). Recomendo ouvir esse depois dos greatest hits. É um jeito mais saúdavel de começar a conhecer melhor os Goo Goo Dolls.

Em 2004 eles fizeram um show enorme em praça pública na cidade natal deles, Buffalo, e gravaram um dvd e o cd ao vivo. No meio do show caiu o maior aguaceiro, mas eles continuaram firmes e fortes, e sairam como os heróis da cidade. Realmente é energizante assistir ao show completo (dá pra ver nesse link), parece mesmo que eles estão curtindo tocar pra 60 mil pessoas, mesmo na maior chuva torrencial.

O último cd, "Something for the rest of us", foi lançado em 2010 e a banda promete para o primeiro semestre de 2013 ainda um cd novo. Eu adoro esse cd, acho ele bem coeso no tema e mesmo no som. Minha música preferida é "Home", mas também adoro "Now I hear", do Robby <3. O que eu gosto de ver na banda é a amizade, a união. É o que gosto em todas as bandas de que sou fã. John & Robby começaram a banda, moraram juntos, passaram por todos os perrengues juntos e sempre estiveram um do lado do outro, mesmo quando tiveram que trocar de bateirista (o original, George Tutuska, foi substituido antes do lançamento de "A boy named goo" por Mike Malinin, uma pessoa que gosta de corridas, baseball, números primos e é vegan) e processar a gravadora e troca-la por outra.




Artista: Goo Goo Dolls
Saiba mais: Wikipedia
Site oficial: GGD.com
Hits: "Name", "Iris", "Slide", "Black Balloon", "Before it's to late" (trilha de "Transformers"), "Better days"
Favoritas: "Here is gone", "We are the normal", "Naked", "Cuz you're gone" (ao vivo, com extra verse "Thousand words"), "What a scene", "Big machine", "Something for the rest of us"

Marcadores: , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life