HOME | SOTMB | VY.COM.BR


la lé li ló lu patinadora
quarta-feira, 30 de outubro de 2013 at 17:02
0 comments


Você passa dos 30 e o corpo sente. Sente as juntas, sente o peso. Fazer dieta já não adianta mais. Ou você desiste, ou faz alguma coisa sobre isso.

O problema é que eu odeio exercício. Preguiça é meu maior pecado. Gosto de cometê-los na minha cama. Acho academia um treco chato. Aos 30, já tava me conformando de ficar baranga, já tava considerando procurar um curso online de qualquer coisa porque ter conteúdo tava parecendo muito mais fácil do que ser bonita. Comer é muito mais gostoso (e depois de passar fome no Japão, passar fome por decisão não me parece apetecedor).

Ai veio essa ideiazinha. De que patinar é tão gostoso. De como eu me diverti horrores e quase morri de cansaço quando fomos patinar no Rockefeller Center em 2006. Mas sozinha não rola. Não tenho toda essa motivação. Eu vou comer sozinha na Liberdade. Não saio de casa pra ir na esquina gastar caloria se tiver que ir sozinha.

Ai uma amiga disse que topava se arriscar nessa aventura e fomos atrás do equipamento. Para o chão mesmo, sem ser no gelo (o custo de usar a pista de gelo é muito alta pro meu bolso pobre). E meu irmão disse que me dava o patins.

Patins comprados. Com joelheira, cotoveleira, luva e bolsa. Lugar escolhido. Dias acertados. Só faltava começar. Claro que compramos tudo sem muito planejamento, mas no fim, está dando certo.

Não consigo fazer algo se for pensar em ser muito sério. E outro dia li um artigo sobre perfeccionismo que acho que cabe em mim. Dizia que perfeccionismo não é fazer as coisas perfeitas. É querer que tudo aconteça do jeito que está na sua cabeça, e quando não sai, abandonar o projeto no meio, sem tentar outras soluções. Então, não estou pondo perfeição nesta empreitada. estou vendo pelo lado divertido. Quando dá, vamos patinar, quando não dá, paciência. Patinamos o quanto de tempo estivermos afim. Sequer fazemos aquecimento e alongamento de verdade (ok, essa parte a gente devia levar a sério, mas até agora não tivermos problemas!). Por enquanto, estou curtindo, é divertido, não me deixa super cansada, não é um stress. Só fico mesmo com preguiça de chegar no parque, é meio contra mão, tem que carregar o peso dos patins...

Diva lá em Recife também patina, mas claro, muito melhor do que eu, e a Camila outro dia postou uma foto falando que voltou a patinar inspirada em mim <3 Yeah, xuxus, venham pra Sampa pra gente ahazar no parque! Trio lindo de blogueiras =P

E olha, se ficar gostosa por conta disso, vou ficar bem contente, mas senão, já estou me divertindo bastante voltando a fazer uma das poucas coisas que gostava como esporte ;)

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life