HOME | SOTMB | VY.COM.BR


manual do uso do tinder - para homens
quinta-feira, 16 de janeiro de 2014 at 13:51
1 comments

Há um ditado que diz que quanto mais você conhece as pessoas, menos normais elas lhe parecem. Acho que o mesmo pode ser aplicado a apps e redes sociais (afinal, são feitos por pessoas). Então, quando mais uso o tinder, mais maluco aparece. Ou mais gente sem noção. Ou eu que fico mais curiosa. Fato é que cada vez mais me deparo com uns perfis nada a ver, e não pode ser que as pessoas sejam tão sem noção. Você acha que deveria ser um app simples de usar, mas as pessoas, elas não têm limite.

Então, vamos lá. Vamos primeiro entender como essa bagaça funciona. É simples:

1) É um app exclusivo para tablets e celulares - android ou ios;
2) Depois de baixar, pra se inscrever é só usar o usuário do Facebook;
3) Primeiramente ele vai puxar as fotos e informações do FB: nome, idade, fotos, amigos e interesses;
4) Não se desespere! O perfil e as fotos são editáveis (vou falar disso mais profundamente a seguir);
5) Ele dá a opção de filtrar o que te aparece: homem/mulher, distância, idades;
6) Pra brincar, basta dar x ou <3 nas pessoas que aparecem (ou jogar para a esquerda - não ou para a direita - sim);
7) Além da foto principal (sem nenhuma informação), dá pra tocar na foto (ou no i) e ver o perfil e outras fotos;
8) Caso tenham interesses e amigos em comum, o aplicativo vai fazer a combinação e mostrar;
9) Se a outra pessoa também der <3 em você, vai aparecer que deu a combinação (match). Caso contrário, a pessoa não fica sabendo nem que você entrou no perfil dela ;)

Não é difícil de usar. Basicamente, você escolhe pessoas pela foto. Tipo Hot or Not. Tinha um de pirocas também, que não lembro o nome. Meu melhor amigo gay me lembrou disso. A gente perdia muitos minutos das nossas noites nessas porcarias, HAHAHA!

Mas voltando ao tinder, agora vou explicar o que me levou a escrever a próxima parte deste post. Ando me deparando com coisas muito sem noção, que me fazem pensar que ou as pessoas são mesmo muito loucas, ou elas são meio sem rumo mesmo. Gente com foto de casal. Perfil em branco ou com informações desnecessárias. Perfil sem foto! Fotos de qualquer coisa, menos da pessoa... Tá tudo errado! Depois esse povo reclama que não dá match... Então bora lá potencializar o uso dessa coisinha.

4.1) Foto
Eu achava que esse quesito era o mais básico. se você está lá escolhendo a maioria das pessoas pela aparência, a foto deveria ser prioridade. Mas não! Homens não entendem muito essa coisa  de tirar foto, né? Eu entendo que as meninas tirem mais selfies e talz, mas é impossível que os caras não tenham pelo menos 03 fotos bonitinhas.

Dicas de boas fotos
a) Foto próxima de rosto (tipo busto). Não precisa ser selfie, nem profissa. Mas uma foto onde apareça bem o seu rosto. Foto lá no fim do horizonte que mal dá pra ver a silhueta não conta.
b) Pelos menos 02 fotos sem óculos. Perfil com foto só de óculos eu descarto. Óculos engana muito. Se você não tem nada a esconder, tire os óculos.
c) Foto de terno/uniforme. As mina pira.
d) Foto nem muito risonho, nem muito sério. Fotos descontraídas são legais também.
e) Corte seus amigos. Você não quer concorrência. Já passei vários perfis em que eu achava o amigo do cara mais bonito do que o cara em questão. Foto de galera é tiro no pé.
f) Foto de casal: ERROOOOOOOO!!! Se você tem namorada, porque está no tinder? Muito suspeito. Pode ser sua irmã, prima, amigo transex, não importa.
g) Elementos aceitos, mas sob discrição própria: animais (amiga minha já deu like em cara por causa do cachorro na foto) e crianças (tem mulher que gosta, acha fofo. Outras, como eu, podem preferir caras sem bagagem).
h) Foto de piroca: como já disse 02 posts atrás, se você for muito avantajado, amigo, isso pode ser um ponto determinante na menina dar like ou não. Sei lá, deve ter gente que curte. E tem gente que não. Antes de levar um não na cama, se adiante. Ninguém nega um pinto pequeno, mas uma super jeba... Arriscado, melhor já avisar o que vem por ai. Mas ó, não precisa ser pelado. Bate uminha na cueca e tira a foto recheada. Tá de bom tamanho, a gente consegue analisar assim.

4.2) Perfil
Escrever sobre si próprio não é muito fácil, mas é fácil saber o que não pode, vá? Declaração de amor pra namorada? NÃO! Poema sem pé nem cabeça? NÃO! Perfil sem nada escrito? Porra, não é possível que você seja analfabeto, né?

a) Pode ser simples e direto: o que faz, altura, peso, do que gosta.
b) Pode ser direto, mas com classe. Tô aqui pra comer buceta não é um texto válido. Tô aqui pra curtir e achar alguém que queira levar a vida sem preocupações é um texto bem melhor, mulher é boa de ler entrelinha!
c) Vale colocar fb e instagram ;)
d) Whastapp é meio arriscado. Acho que mulher é mais receosa nesse aspecto. A maioria não gosta de dar o número antes de ter conversado pelo menos um dia com o cara.
e) Se você é GP, bem, deixe isso claro! Nunca falei com um, mas vai que. Já vi uns anúncios, nem sei se é permitido, mas enfim. Se tá vendendo serviço, melhor deixar claro.
f) Textos espirituosos são bem válidos e podem ser decisivos! Gostamos de gente com bom humor. Mas não muito ácido, ok? Um texto bem escrito, inteligente, de classe. Quem não gosta?
g) Ou ache um slogan, uma boa tagline. Pode provocar a curiosidade ;)

Eu não posso ensinar como se comportar numa conversa, só posso dizer que a maioria das pessoas com quem conversei não gosta de dar whatsapp ou fb logo de cara, não gosta de cara falando sacanagem na primeira conversa (a menos que isso já estivesse implicado no perfil) e não quer um convite pra sair logo, mas também não pode demorar! Acho que uma semana (02 dias de erro pra cada lado) tá de bom tamanho (claro, se a conversa fluir).

Tá ai, não é difícil, né??

Marcadores: ,

that would be me. bye!

ainda sobre o tinder
terça-feira, 14 de janeiro de 2014 at 11:00
0 comments

Esse é um post curtinho, só pra dar perspectiva sobre o tinder. Não é tão ruim, olha só. Uma canadense tá fazendo um projeto de "50 first dates" só com caras do tinder. As vezes aparecem uns perdidos, mas a esmagadora maioria é do tinder. Ela já tá perto do 40º encontro. O que eu gostei é que ela tem 35 anos, é comediante (mas sobrevive também como garçonete de bar), tá solteira, não quer filhos, é uma pessoa desorganizadíssima e é super relax sobre essa coisa de tinder. Mas é no Canadá, né, então nem todos os encontros acabam com beijos ou sacanagem, mas quando acabam, ela conta tudo (deixa só os detalhes sórdidos de fora). Minha nova idala <3

Marcadores: ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life