HOME | SOTMB | VY.COM.BR


a minha viagem
segunda-feira, 4 de maio de 2015 at 10:30
0 comments

Eu acho que quando a gente entende muito bem o que está fazendo, pode até fazer a "coisa errada". Digo no sentido de estar ciente das consequências ruins que isso pode trazer.

Se me perguntarem, organizei essa viagem ao Japão de forma toda errada.

  • Comprei a passagem antes de tudo, num site de "promoções", pra uma época não muito adequada;
  • Cortei dias para caber no orçamento, mesmo sabendo que é uma viagem cansativa;
  • Fiz tudo por conta para um destino exótico;
Por favor, jamais façam isso se não quiserem ter muito trabalho. Acontece que destinos exóticos é minha especialidade (eu sempe trabalhei com isso) e já fui pro Japão antes, então eu entendo minimamente no que estou me metendo.

Como disse antes, as companhias estão lançando muitas promoções, principalmente as do Oriente Médio, e a janela de viagem está cada vez melhor Você não precisa comprar uma passagem pra viajar logo, nessa promção que peguei tinha passagem até o fim do ano. Então foi uma escolha bem consciente viajar em pleno começo de verão pro Japão. Nos meus planos de vida, era essa a época que eu teria para fazer essa viagem. Se pudesse ter escolhido, teria ido no outono.

Outra questão é que ficarei pouco mais de 1 semana no destino. Pouquíssimo, mas é o que dava no meu orçamento. E como eu mencionei também, enrolei pra comprar a passagem e as datas começaram a ficar mais escassas.

Reservei a acomodação de acordo com o que eu tinha de orçamento e os meus conhecimentos. Talvez essa seja a parte mais difícil da viagem, porque é a sua segurança e tranquilidade. Você tem que saber o que espera, o que precisa em termos de localização e serviços oferecidos.

O planejamento de visitas foi feito meio "the flash", mas porque eu já sabia o que eu queria fazer. Acho que sempre esteve no meu sub consciente, afinal, não consigo nem contar quantos milhares de roteiros pro Japão eu já cotei na vida!

Meu roteiro inclui visita a apenas 3 templos em Kyoto (porém quero fazer as visitas com calma), o parque de Nara, o Memorial da Bomba em Hiroshima e a maior parte dos dias (mais da metade) em Tokyo, com locomoção de trem (comprei o JR pass para 7 dias e nos últimos dias vou comprar o bilhete normal).

Mas vejam bem, eu sei no que estou me metendo. Estou planejando todos os passos para as visitas mais importantes, tenho a tabela de horários, de trens, como chega de um lugar ao outro, etc. Eu tenho um mínimo de noção do destino, de como me locomover, etc.

Eu queria viajar muito mais, mas já disse que Japão é um destino caro, então prefiro focar em algumas coisas que não conheço e em outras que quero conhecer melhor agora e deixar pra fazer as coisas mais específicas pra outra oportunidade.

Marcadores: , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life