HOME | SOTMB | VY.COM.BR


london weekend - day 2
sexta-feira, 30 de outubro de 2015 at 10:30
1 comments

Voltar cedo pro hostel no dia anterior foi providencial. O horário de verão aqui acabou bem no meio do nosso finde e ainda ganhamos 1h a mais para dormir, hehe.

Fui a primeira a levantar e fui ver o café da manhã. Típico de hostel, mas já estava de bom tamanho. Logo os meninos apareceram e comeram tudo o que conseguiram, haha! Deixei eles lá e subi para me arrumar. O check out era bem cedo, 9h30, mas como estavamos de carro, foi tranquilo. Só eu e o Henrique T. que conseguimos trancar a nossa chave para dentro do quarto, hahaha!

Resolvemos ir para a Tower Bridge e a London Tower (de fora). O dia estava ainda mais gelado, mas pelo menos não estava chovendo e fez sol a maior parte do dia!

Paramos no Starbucks pra nos esquentar e comprar um drink. E pro Franco tirar sua primeira foto coxinha hipster com um copo de lá e fazer inveja nas inimigas, HAHAHA!

Pra não perder o costume <3

Tiramos várias fotos. Inclusive, a primeira que tirei na vida com pau de selfie!


 O dia estava ótimo, mas tão gelado! Meu chá que peguei pelando esfriou rapidinho!

Como não tinha muito mais o que fazer ali, fomos para Canary Wharf pois o Henrique T. queria relembrar a primeira vez que veio pra Londres. Canary Wharf é uma região revitalizada que não parece com nada que pode ser encontrada na Londres clássica. Tem um shopping subterrâneo enorme e é super moderno.

A estação de metro me lembrou a estação de Kyoto na modernidade

Almoçamos no banco da praça um lanche do Tesco mesmo, enquanto apreciavamos a vista, hehe. Ao contrário do resto de Londres, lá tava bem tranquilo.

Fomos pagar o estacionamento e nessa hora levamos uma bela vantagem: a máquina emperrou e ganhamos um desconto de 3 Libras! Mas não sem antes levar um chá de cadeira da administração...

Eu queria tentar achar uma mochila, então procuramos uma Primark e fomos parar em outro Westfield, dessa vez em Stradford. O shopping é enorme e estava lotado. E tinhamos só 1h de estacionamento pra conseguir chegar e ver a loja. Eu fiz uma das compras mais rápidas da vida! Queria levar várias coisas, mas no fim fiquei com a mochila que queria (5 Libras!) e um conjunto de sutiens, pra ver se eles sobrevivem a lavagem na máquina (os meus eu tenho que colocar na rede própria e os mais baratos já estão indo pro saco =/).

Mas conseguimos sair em tempo! Só pegamos um transito básico na saída da cidade, pra matar a saudades de São Paulo <3

Marcadores: , , , ,

that would be me. bye!

london weekend - day 1
quarta-feira, 28 de outubro de 2015 at 10:30
1 comments

Ai no finde fomos pra Londres. Desde a baladinha os meninos da fazenda sseram que queria ir pra Londres pois um deles ainda não conhecia nada, e como iam de carro (pelo qual não pagam nem o combustível), ainda tinha lugar pra mais gente ir.

Como contei, durante a semana enrolamos pra ver o hostel e acabamos lá na casa do capeta, em uma região que foi usada para as olimpíadas de 2012. Segundo o site, o The lodge Crystal Palace ficava a meia hora de trem do centro de Londres. O que não é tão ruim, principalmente pra quem morou tanto tempo em São Paulo. Das vantagens, o valor era muito bom, por quartos duplos privativos (banheiro do lado de fora), estacionamento (já que estavamos de carro) e café da manhã.

Partimos ainda meio de noite daqui (7am o sol ainda tá nascendo por aqui) e chegamos de manhã em Londres. Como o check in era só as 14h, fomos fazr uns passeios antes.

Primeira parada, Abbey Road. O Franco, o novato da fazendo, é super fã de Beattles e esse era o único passeio que ele fazia questão de fazer ness viagem. Acho que nunca vi uma pessoa tão feliz de fazer um passeio, hahaha!


Já que estavamos por lá, todas tira foto na faixa famosa, haha!

Como não tinhamos programação, lembrei da feirinha de Portobello Road e rumamos para Notting Hill. Acho que podia morar por lá, adoro andar pelo bairro!


O dia estava meio gelado e com uma garoa fina, mas a feira estava lotada! Ela percorre a rua toda, lá debaixo perto de Notting Hill Gate até Ladbroke Grove. Tem de tudo, de antiguidade, quinquiharia, até produtos frescos e barraquinhas de comida <3

E dessa vez consegui achar a porta azul!!! E ela tava azul! E não tinha ninguém na hora que achamos! Mas claro que basta uma pessoa achar a porta, que todos os outros turistas seguem...

Cadê meu William Thacker???

Infelizmente essa parte do passeio acabou com uma multa no carro, pois não vimos que estacionamos em uma áre só para residentes =(

Pela hora, já dava pra fazer o check in, então atravessamos a cidade toda até o Crystal Palace. Era tão longe que deu até pra tirar um cochilo bem gostoso, hahaha!

O hostel fica dentro de um parque com instalações esportivas, é bem bonito, mas a noite é meio sinistro porque não tem iluminação.

Nosso quarto tinha a melhor vista <3

Como tudo por aqui, falta um pouco de manutenção predial, mas o quarto era bom, com camas twin, tv e pia na entrada. O banheiro era compartilhado só com mais outro quarto e o lugar era bem calmo. No fim, gostamos pra caramba do lugar e super voltariamos. A estação de trem é na porta do parque e tem linha direto pra Victoria.

Nos acomodamos e saímos de novo para fazer os passeios mais turistícos. Fomos comer em Victoria e de lá fomos para o Palácio dar oi pra rainha.


Apesar da chuvinha, o lugar estava cheio! De lá, andamos até o Big Ben e a London Eye.


Demos sorte de chegar bem quando o sino estava para bater! Atravessamos a ponte e fomos procurar um abrigo do frio. E um banheiro. Passear no frio tem dessas, dá uma vontade incrível de ir no banheiro!

Enquanto estavamos descansando na padaria, vimos um Mickey lá no fundo. Ainda bem que não comemos nada, hahaha! De lá, as bee foram pra balada e os ht foram pro hostel, porque o dia tinha sido bem longo pra minha velhice!!!

Marcadores: , , , , , , , , , ,

that would be me. bye!

Michaelmas half term - week 1
segunda-feira, 26 de outubro de 2015 at 09:49
0 comments

Então nossas mini férias começaram e já rolou uma pá de coisas.

O último dia de trabalho foi no sábado, e a noite fomos para uma balada gay em Southampton com os brasileiros da fazenda (a fazenda é uma outra comunidade para pessoas adultas com necessidades especiais, mas que são independentes o suficiente para fazerem trabalhos como trabalhar com a terra).

A moça do meu lado é inglesa e tava de salto - eu não (nem trouxe meus saltos lindos =(

A baladinha foi bem legal. O bom de balada gay é que a músca é sempre boa. E aqui toda a balada tem alguma promoção de bebida, do tipo pra tomar de galera ou experimentar algo diferente. E os gaçons, nossa, só magia! Um deles tirou a camisa e a gente ficou inspecionando a distância um piercing no mamilo direito, HAHAHA! A gente não ia ficar tanto tempo, mas ai as bee resolveram "aproveitar" a noite e os ht ficaram lá sentados esperando - e com muita fome! Chegou no ponto de eu ficar hangry (hungry + angry) e ai tivemos que parar no Mc Donald's antes de voltarmos pro camp hill.

Durante a semana tivemos 3 treinamentos - 1 de safeguarding, 1 de autismo e outro de diabetes.

O de safeguarding foi o mais chato porque foi muito técnico, sobre leis e estatísticas e números... Zzzzz!!!! O de diabetes foi mais animadinho pois descobri que a gente tem pelo campus vários livros de contagem de carboidratos (porque tem vários alunos que precisam de insulina).

Agora o de autismo... Quem deu a palestra foi uma moça chamada Ros Blackburn, que tem autismo. Isso mesmo! Ela conta a experiência dela, como é ser adulto com autismo, como foi crescer "dentro do próprio mundo" e como ela se esforça todo os dias para quebrar as barreiras sociais que o autismo impõe a ela. Foi uma das melhores palestras que já vi até hoje (talvez só percam para as aulas com o Clóvis de Barros Filho), e apesar de ter sido às 9h00, eu mal conseguia piscar de tão interessante! Das melhores coisas que ela contou foi que até os 13 anos ela não falava porque ela não queria e que o autismo é a falta de vontade e necessidade de interação social. Autista odeia ter que interagir e é por isso que muitos não falam - porque falar significa que os outro vão interagir com você. Para ela, dar palestras é uma forma de ela atingir independência e se realizar pessoalmente tendo sua própria renda sem precisar de ajuda de programas sociais. E em palestras ela não interage com os outros - ela está a salvo em um palco, onde só ela fala.

Durante a semana, fiquei mais tranquila em casa. Fui na Ikea com os meninos da fazenda e ficamos rodando e criticando os comodos, hahaha. Mas de verdade, tantas coisas legais que eu queria comprar... Sai de lá com um calçador que era tudo o que meu dinheiro tava dando pra comprar!

Durante a semana também discutimos (via whatsapp) sobre a viagem do fim de semana para Londres. Um bando de desorganizado que conseguiu perder a reserva em um hostel na cidade e teve que se contentar com um hostel lá pras bandas do parque olímpico... Mas isso fica pro próximo post!

Marcadores: , , , , , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life