HOME | SOTMB | VY.COM.BR


#sotmb - projeto fotográfioco de setembro: lar
sexta-feira, 30 de setembro de 2016 at 12:00
2 comments


E chegamos ao último dia do projeto fotográfico desse grupo lindo ai do banner <3

O tema é: lar. E pra mim, "home is where the heart is".

Minha família canadense + minha irmã norueguesa. Porque família não é só compartilhar dna <3

A gente briga e discorda, mas no fim a gente se ama!

Disney Orlando, sempre!

Hogwarts <3

Last, but not least, meus amigos. Não estão todos nessa foto, claro, mas eu posso encarar qualquer desafio com eles do meu lado <3

Marcadores: , , , , , , ,

that would be me. bye!

#sotmb - projeto fotográfioco de setembro: primavera
quinta-feira, 29 de setembro de 2016 at 14:00
2 comments


Acho que escolhemos o tema porque é legal tirar foto de flor, né, porque prmavera nesse país tropical é só um título. Antes do dia oficial fez um calor do cão, parecia sei lá, o mais alto verão que eu já tinha vivido (exageradaaaa, jogada aos seus pés, eu sou mesmo exageradaaaaa) e depois fez um frio que parecia que a Elza tinha vindo fazer de São Paulo o seu reino...

Engraçado que primavera é uma das estações que nunca peguei por completo em viagem. Já vivi o outono japonês, o inverno quebecois, vi até o calorão que faz no verão canadense, mas primavera mesmo, só vi uns poucos sinais antes de ir embora.

O mais próximo da primavera japonesa que cheguei. Nos meus últimos dias, passeando pela Disney.

Última semana de abril no Quebec. Depois disso ainda teve dia que nevou...

Uma flor pra uma flor, haha! Há 10 anos, no Ridijanêr. Jardim Botânico, claro!

E a primavera despontando na Inglaterra (mas no dia que fui embora tava tipo 13 graus...)

Eu achei que tinha até mais fotos, but... Descobri que perdi um monte, e nem sei onde foram parar!

Marcadores: , , , , , ,

that would be me. bye!

#sotmb - projeto fotográfioco de setembro: meu lugar favorito
quarta-feira, 28 de setembro de 2016 at 14:00
4 comments


Confesso que esse tema parecia fácil até eu pensar realmente no que eu ia postar. E eu sou libriana, né, é muito difícil escolher!

Esse não é meu quarto atual, mas qualquer quarto que eu chame de meu é o meu lugar favorito. Cama então é o melhor objeto do universo na minha opinião. Como qualquer pessoa introvertida eu gosto do meu canto de solidão.

O escadão no museu Eye em Amsterdã é um dos meus novos cantos favoritos no mundo. Tem uma vista incrível do canal, não paga pra entrar e não é barulhento, mesmo com o restaurante lá embaixo.

Tô medonha nessa foto, mas releva, que eu tô no lugar mais feliz do mundo! Disney Orlando é lar pra mim <3

Canadá sempre vai ser meu país favorito. Nunca tive um momento ruim nesse país! Ainda vou voltar muitas e muitas vezes.

Antes de ir pra Paris eu não entendia a paixão que as pessoas tinham pela cidade, mas só pisando lá pra entender isso, a cidade luz é fascinante! Acho que só senti isso, dessa forma, quando fui pro Canadá da primeira vez. Não consigo ter um sentimento ruim sobre a cidade, cada memória é só felicidade!


Home is where the heart is. Por fim, mas não menos importante, família. Onde eles estiverem é meu lugar favorito do universo!

Marcadores: , , , , , , , ,

that would be me. bye!

#sotmb - projeto fotográfioco de setembro: rotina
terça-feira, 27 de setembro de 2016 at 16:05
4 comments


O projeto era pra ser uma coisa semanal. Falhei miseravelmente, mas não totalmente: resolvi postar um por dia no fim desse mês. Notem, por favor, que não sou nenhuma fotógrafa!!!

O primeiro tema é a rotina. Aquilo que talvez a gente nem repare do nosso dia a dia. Ou aquilo que é praticamente parte do nosso corpo já.

Caneca do Starbucks, claro! Essa eu "trouxe" de Amsterdam. Interpretem essa frase como quiserem, haha!

Essa caneca comprei numa loja de souvenir muito fofa em Mont Martre, em Paris. A loja tem muitas coisas do Pequeno Principe e uns cartões postais lindíssimos! E não é um lugar caro ;).

Pode ser cliche, mas essa é a minha frase favorita no livro! Essas são as canecas que uso todo santo dia pra tomar chá mate.

Eu não tenho muita rotina por estar em casa sem emprego, a única coisa que sempre faço sem falta é tomar um chá mate solúvel quando acordo e outro depois do almoço. Tenho muitas outras canecas, tantas que estão encaixotadas pra não ocupar espaço nos armários! Não adianta, eu viajo e sempre volto com alguma...


Mudei o laptop de lugar, trouxe pro quarto porque meu irmão tava sempre vindo em casa e eu não tinha mais paz na sala. Mas tento usar o mínimo possível, sempre durante o dia, pra não ficar muito tempo no quarto. E eu vivo nessa bagunça ai, não tem jeito!

Marcadores: , , , , ,

that would be me. bye!

#diarinho: reunindo os amigos
segunda-feira, 26 de setembro de 2016 at 14:33
4 comments

Essa semana passada foi muito tranquila. Tô ainda "brigando"com OotP, cada menção a Umbridge eu tenho vontade de botar fogo nas páginas! Pra aliviar essa tensão, fui tomar um milkshake crocante do Bob's dia desses. Tudo o que essa disputa de milkshake fez foi me por vontade de tomar isso! Não provei ainda o do Mc Donald's, mas o do Bob's continua sendo a única coisa que presta na marca...

No fim de semana fui pra São Paulo fazer muitos programas com meus amigos.

Sábado foi o encontro pós beda do nosso grupo "Se organizar, todo mundo bloga".

Esse banner é lindimais!

Combinamos com bastante antecedência, a semana que antecedeu o evento tava ótimo, sem muito calor mas com sol, mas claro que no dia o tempo virou, fez um frio e o sol mal deu as caras =(. Tudo bem, foi ótimo pra rever as ~migas e conhecer a Thais, que é uma fofa! Cheguei bem atrasada por causa da impressora que resolveu não funcionar antes de eu sair de casa (e no fim nem foi preciso =/), mas ainda ficamos mais 2h na Praça Victor Civita, do lado da estação Pinheiros. É uma graça, tem um deck de madeira grande cheio de bancos. E as comidas tavam bem gostosas #gordasafada

Recatada e do lar

De lá fui encontrar uma amiga na Paulista. Não sabia que tinha Temakeria e Cia no Center 3, pedi um tepan de frango pra jantar achando que seria uma porção menor do que a do restaurante e nossa, que porção enorme! Óbvio que nem consegui terminar, mas tava bem gostoso. Aprovado, não é muito caro, é bem feito e a porção é bem grande ;)

A noite tivemos o aniversário de uma amiga minha da faculdade num bar chamado The Orleans, na Vila Madá. É tipo um bar balada com uma decoração meio de motoqueiro (?). A banda do dia tocou uma mistura de pop rock entre anos 1980 e 2000. Foi divertido, mas achei o som alto demais #velha Fomos embora "cedo" porque o estacionamento onde os carros estavam fechava lá pelas 2am e ninguém queria ficar com o carro preso, HAHAHA! Mas foi gostoso porque consegui conversar com gente que não via há um tempinho <3

No doming combinei de ir almoçar com outras amigas no Omaley's. A comida deles é muito boa! E minha amiga curte futebol americano, então ela aproveitou pra assistir enquanto conversavamos e comiamos. Pedi um hamburger little monster que veio no ponto exato. Muito amor por restaurantes que servem carne no ponto que a gente pede <3 No fim do jogo resolvemos ir tomar sorvete no Ben & Jerry's do Conjunto Nacional antes de eu voltar pra roça.

O fim de semana com certeza compensou o marasmo da semana. Tenho que voltar a morar em SP o quanto antes!

Marcadores: , , , ,

that would be me. bye!

I *heart* nyc
quarta-feira, 21 de setembro de 2016 at 10:30
3 comments

É incrível como filmes e seriados que se passam em Nova York acabam se tornando odes à cidade. NYC tem tanta personalidade que acaba tomando vida própria diante das lentes.

Meu caso de amor pela cidade aconteceu meio por acaso. Nunca tinha pensado que conheceria NYC tão cedo na vida até decidir de vez que ia pra Bishop's. Uma vez que antes eu tinha que ir pro Japão juntar dinheiro, peguei meu vôo com escala lá e na volta decidi passar uns dias com minha amiga que foi pro Canadá na minha frente e estaria de férias na cidade com outros brasileiros que foram pro mesmo intercâmbio que a gente. Ou seja, minha primeira viagem pra NYC foi basicamente um mochilão universitário! Desde então voltei várias vezes em diversas ocasiões e acho que a cidade nunca para de me encantar.

Alguns dos meus filmes e seriados favoritos se passam em NYC.

1. Sex and the City
Tanto o seriado quanto os filmes! Nesse caso NYC tá no título e não é pra menos. As 4 personagens principais sempre aparecem na cidade, andando nas ruas, badalando nos melhores clubs da cidade e comendo nos restaurantes mais conhecidos.

 

2. Gossip Girl
Acompanhei a série toda, mas confesso que no início só via pela cidade mesmo, foi difícil engatar, haha! Foi uma escolha da produção gravar in loco, acharam que a cidade era parte importante da história e é delicioso passear pela parte mais glamurosa de NYC pela série.


3. O noivo da minha melhor amiga  (Something borrowed)
Aqui a cidade é só pano de fundo, mas funciona muito bem. É gostoso ver uma NYC bem relax, uma coisa familiar. E eles ainda aparecem na cidade vazia durante o feriado, que é tipo estar em SP, sei lá, num 1 de janeiro, haha!


4. O diabo veste Prada  (The devil wears Prada)
Nesse filme a cidade é a casa. Da moda, dos sonhos, a história não poderia ser em outro lugar! NYC é o figurino do roteiro, é com ela que os personagens vivem na pele.

Marcadores: , , , , , ,

that would be me. bye!

#diarinho: voltando a ativa (?)
segunda-feira, 19 de setembro de 2016 at 11:04
2 comments

Essa semana não teve muita coisa porque voltei a tentar ler "Harry Potter e a Ordem da Fênix". Esse é de longe o livro que menos gosto da série e eu subestimei o quanto eu não gostava dele. Achei o filme um lixo, muito em parte porque a história em si é vazia. Mas eu tinha esquecido o quanto a Umbridge dos livros é odiosa e é muito difícil ler um capítulo em que a fuça dela apareça! A leitura é bem truncada, não consigo ler um capítulo inteiro sem parar pra me acalmar, então tenho que achar atividades levinhas pra intercalar. Porém eu estou decidida a vencer esse livro!!!

No meio da semana fui pra SP pra uma entrevista. Resolvi começar a mexer os pauzinhos pra volar a morar na cidade e pra isso preciso de um emprego pra pagar as contas. Mandei alguns e-mails pra empresas que conheço e também achei um anúncio de vaga que parecia alho que me interessava. Me chamaram prra entrevista, e como era muito cedo de manhã, pedi pra dormir na casa de uma amiga. Apesar do horário, até que não acordei tão morta e, bem, é uma entrevista, eu não fico nervosa nessas situações, mas fiquei decepcionada que a descrição da vaga no anúncio não condizia com a posição. Deixei isso claro, que o que entendi do anúncio era outra coisa, vamos ver o que eles acham, mas nem estou empolgada.

Mas foi bom pra pelo menos ter uma desculpa pra ir pra SP <3 Depois da entrevista fui tomar um café da manhã no Starbucks antes de voltar pra casa da minha amiga e sairmos pra almoçar. Queria que todos os meus amigos tivessem agendas flexíveis pra que todos pudessemos sair no meio da semana pra um almoço despretencioso!

No fim de semana meu irmão foi pra família da minha cunhada, então eu e mamys ficamos livres pra fazer o que bem quisessemos. No sábado ela tinha um aniversário a noite e eu resolvi ir dar uma volta no shopping enquanto ela estava fora (eu podeira ter ido no aniversário, mas afe, muita preguiça de ficar num lugar onde não conheço ninguém e ter que interagir com essas pessoas). Fui só comer, haha, não comprei nada! Acho que a temporada na Inglaterra me ensinou a ser muito economica, hehe...

No domingo fomos almoçar em outro shopping e demos uma voltinha, mas de novo, nada pra comprar. Eu gosto de ir no shopping pra passear e não me importo de só ver as coisas. É sempre bom fazer pesquisa, assim a gente sabe quanto as coisas custam e quando elas estão com preço bom pra comprar. Quando eu comecei a faculdade eu fazia muito isso, morava do lado do Eldorado e sempre pegava as melhores ofertas porque sabia quando elas valiam a pena de verdade!

A noite me preparei pra ver a cobertura do Emmy e do encerramento das Paralimpiadas. Adoro ver um tapete vermelho, já disse? Achei as entrevistas desse ano super bacanas, a Giuliana Rancic deu espaço pra todo mundo falar dos seus trabalhos e achei um pouco desnecessário a Amy Schumer falar do OB quando perguntada sobre o vestido. Se ela tanto não se importasse com isso não teria estilista nem um vestido muito caro emprestado, não é mesmo? Os vestidos estavam lindos, não vi nada que tivesse achado feio. Mas o ponto alto mesmo foi a entrevista das crianças de "Stranger Things". Quanta fofura!!! Do tapete vermelho pulei pro encerramento da Paralimpiada, mas só vi a segunda parte, com as apresentações musicais. Vevetinha ahazou muito, muito musa <3 Vi a apresentação de Tokyo também e foi maravilhosa, nossa, próximas Olimpiadas e Paralimpiadas serão belíssimas! Foi muito legal eles terem usados artistas com deficiências físicas nas coreografias, eles foram impecáveis! No fim pulei de volta pro Emmy, mas perdi as partes mais impactantes, então vou ter que ver a reprise. Assim como vouter que achar a reprise do começo do encerramento da Paralimpiada do Rio. É muito evento pra uma noite só!

Marcadores: , , ,

that would be me. bye!

fashion icon: blair waldorf
quarta-feira, 14 de setembro de 2016 at 10:30
4 comments

Isso aqui não é um blog de moda, PORÉM, não quer dizer que eu não goste do assunto. Enquanto fazia uma pesquisa por imagens que ajudassem a me inspirar a trocar o layout do blog, fiquei vendo muitas imagens de Gossip Girl (gosto mesmo, sorry-not sorry!) e admirando o estilo da personagem. Muita gente lembra do estilo da Serena Van der Woodsen (Blake Lively), mas eu sempre gostei infinitamete mais dos looks da Blair Waldorf (Leighton Meester). E sejamos francos, do meio para o fim da história, a personagem principal era a Blair, a Serena sempre foi a amiga tonta, boazinha mas que caia em todas as ciladas da vida (oh! pobre menina rica!).

O estilo da Blair mistura o moderno com o tradicional, o clássico com o arrojado. Suas roupas tem bastante estrutura, e seu estilo é impecável. Tudo o que ela usa tem cara de riqueza! E seus looks são inconfundíveis, existe uma coesão do início ao final da série.

Meu look favorito da série inteira é esse! Um vestido fofo, e apesar de curto não fica vulgar por causa da meia calça por baixo. As rendas deixam o look um pouco mais leve, e esse mini poncho completa o conjunto.

Blair não deixa de ter estilo nem na época da escola. Ela acessorizava bem o estilo preppy do uniforme com casacos e meias calça e bolsas maravilhosas!

Se tem algo que eu incorporei do estilo da Blair, foram as tiaras! Foram seu acessório mais marcante na época da escola, e simbolizavam seu status de rainha da turna. Eles dão um toque feminino, e dependendo do estilo, divertido pro conjunto. Eu não uso sempre, mas funciona bem no meu cabelo porque "prende" na cabeça e escorrega bem meos do que lenços.

 

A Blair casa 2 vezes na história da tv, e na verdade tem 3 vestidos. Um ela troca antes do primeiro casamento porque tinha escolhido quando estava grávida (ela perde num acidente) e então aparece no ateliê de ninguém menos que Vera Wang, a poucos dias do casório, pra trocar. O segundo é um vestido "improvisado", quando ela casa as pressas com o Chuck. Embora não seja o meu favorito na vida, esse vestido me fez prestar atenção no mundo dos vestidos floridos do Ellie Saab, e se um dia eu tiver dinheiro pra tanto, quero um pra usar em casamento durante o dia!

 

Os vestidos de festa da Blair são magníficos! Para o baile da sociedade (o prateado acima), os produtores fizeram especialmente para o seriado. O do baile de formatira (preto com dourado) na história ele é desenhado pela Blair (na real é Marchesa) e o Chuck dá de presente, mesmo que ela ainda estivesse com o Nate. Não existem vestidos mais maravilhosos que esses!


A real é que a Blari parece sempre vestida pra uma festa, mesmo quando ela tá "só indo ali na esquina". Na história a sua mãe é dona e designer da grife própria e ela usa muita roupa "da família". Acho que ela quase nunca aparece de sapatilha na série, até porque a Blake Lively é bem mais alta que a Leighton Meester e o figurino tenta deixa-las na mesma altura (a Serena aparece usando botas montaria e coisas mais boho).

Tragicamente, Leighton Meester não tem o estilo da Blair. Acho que ela tenta se afastar o quanto pode, na época do seriado quando tinha evento usava coisas mais ousadas, e no dia a dia acho o estilo dela bem mais despojado e hippie até.

Uso a Blari como referência mesmo, é um estilo que gosto muito e me identifico. Adoro um vestido de cocktail, casacos estruturados e roupas mais clássicas. Acho que a equipe de figurinistas fez um excelente trabalho, porque mesmo depois de alguns anos, a maioria dos estilos apresentados pelos personagens não perdem a elegância!

Marcadores: , ,

that would be me. bye!

#diarinho: meu querido diáro
segunda-feira, 12 de setembro de 2016 at 11:57
2 comments

Essa semana fiquei em casa mais quieta. Achei uma atividade que me tomou muito tempo e me distraiu por muitos dias.

Comprei a tal agenda 2016 e claro que não via a hora de começar a escrever nela, tipo criança com brinquedo novo! Procurei alguns moldes pra coisas que eu queria fazer nela e mandei bala!

Obviamente não lembro de tudo o que fiz esse ano, dia a dia, mas quero registrar as coisas mais marcantes, as viagens e até coisas de 2015. Já que tenho o espaço, né?

Consegui adiantar bastante, considerando que eu entro na internet pra caçar imagem e idéias (e isso vira um buraco negro e eu só lembro de sair muitas horas depois, haha) pra cada "tema". E o mais legal é reviver esses momentos, ver que eu ainda lembro muita coisa pra escrever, principalmente as sensações. Até minha caligrafia tá ajudando, e cheguei a conclusão que linhas mais estreitas ajudam, sei lá, acho que espaço demais me faz ter uma letra meio sem ordem! Tô misturando vários "métodos" pra decorar as páginas e acho que vou deixar bem variado mesmo, tipo na época da escola.

Também andei acompanhando um pouco das Paralimpiadas. A cerimônia de abertura foi linda, pena que não passou na tv aberta pra todo mundo ver... Foi bem emocionante e muito bem feita, tenho certeza que o encerramento vai ser tão legal quanto! Os jogos também estão ótimos, as competições são bem emocionantes e a gente aprende bastante sobre as dificuldades de alguém com necessidade especial. E a gente também vê que reclama pra caralho de coisas tão infimas!



No fim de semana eu e minha mãe fomos pra casa do meu irmão e dormimos lá. No sábado fizemos um almoço tradicional de macarrão com frango (minha cunhada desacreditou ue minha mãe ia fazer 2 tipos de macarrão porque obviamente eu e meu irmão não comemos nem isso igual) e a noite minha cunhada fez sopa de mandioquinha com carne (que tava uma delícia) e durante o dia meu sobrinho teve uma overdose de madrinha, haha! Até que ele é bonzinho e fica bastante tempo no meu colo sem chorar. Mas não dá pra ficar andando com ele nos braços não porque ele tá bem pesadinho!

No domingo fizemos churrasco, e nossa, como eu amo churrasco <3. Sobrou coração de galinha da outra vez e dessa teve panceta, carne e linguiça. E oniguiri, claro, porque nenhum churrasco é completo sem oniguiri! Até a Brisa comeu um monte, tanto é que depois ela foi vomitar debaixo da mesa. Pensa num cachorro minúsculo que acha que pode comer como um leão? Ela não dá sossego enquanto comemos!!! E não aprende não, mesmo depois disso ela continuou pedindo comida.

Ah, esses dias comprei uma massa pronta de brownie da Yoki e fiz pra experimentar, e ó, sucesso! Fica melhor enquanto ainda está quente e é bem rápida de fazer. Mandei a foto no grupo da família e minha mãe ficou achando que eu que tinha feito tudo, hahaha!

Marcadores: , , ,

that would be me. bye!

#diarinho: fim do beda, nunca o fim da escrita!
segunda-feira, 5 de setembro de 2016 at 10:30
4 comments

Nem acredito que agosto acabou! Parece que levou tanto tempo que nem acredito que já é setembro! Com o fim do beda dei uma pausa nas coisas do blog, pra não enlouquecer.

Durante a semana tentei dar uma atualizada no que tava acontecendo no grupo do fb, e clarro, escrever os últimos posts daqui. Nem creio que saiu aquele textão da terça passada! E muito menos que algumas pessoas tenham lido! Muito obrigada <3

Com o beda, enjoei master da cara do blog e resolvi dar uma atualizada, fazer uma coisa mais simples. Penei pra achar a imagem certa, mas acho que essa tá boa. Lembro do dia que a tirei, tava limpando o quuarto e deixei a vaca na janela e o Henrique achou hilário e entrou pra tirar foto, então resolvi tirar também. A Vaca é muito fotogênica!

Essa semana também me ligaram do Starbucks referente a uma reclamação que fiz no twitter. Várias vezes que peço chá preto gelado puro meu pedido vem com limão, e eu odeio chá com limão! Reclamei, a coisa saiu um pouco fora de proporção e a gerente da loja me ligou e me ofereceu bebida grátis. Ai sim!

Esse fim de semana, depois de tantos dias sem ir pra SP, uma amiga me chamou pra ir num bar ver uma das bandas da night paulista que a gente gosta e dormir lá na casa dela, já que ela também tá de férias. Apesar do trânsito na estrada, consegui chegar antes da hora do rush, e depois de nos arrumarrmos e esperar o namorado dela sair do traballho, fomos pro bar.

O Little Boys é um bar de garagem no meio da Vila Leopoldina. É um lugar pequeno no meio de uma rua residencial e não sei como conseguem ficar abertos, porque qualquer banda que toca ali dentro faz um barulhão! Vimos pela página do fb que eles tinham hamburguer no cardápio eresolvemos experimentar. Eles tem 2 versões, uma mais gourmet, com carnes de 250gr e outra mais leve, com metade do peso, em que você monta o seu sanduiche. Escolhemos esse porque já era gordice o suficiente comer hamburguer, né?

Enqanto isso a banda começou a tocar (demoramos muito pra pedir e demoraram mais ainda pra nos atender). A Zero 315 é uma banda de rock cover que minha amiga descobriu nesse mesmo bar há um tempão, e eles são muito bons mesmo. Já vi eles tocarem "Black Balloon" uma vez e "Everlong" algumas outras (que a gente pediu). O vocal é muito bom, e a banda toda arrasa, vale muito a pena vê-los ao vivo (eles sempre tocam na Jet Lag nos Jardins #fikdik).

Voltamos pra casa da minha amiga e capotamoos. No dia seguinte o namorado dela tinha que ir dar aula, mas eu e ela acabamos acordando meio cedo por causa do barulho no Memorial, que é na frente da casa dela.

Resolvemos almoçar num restaurante novo ali perto, o "Quem quer pão", que começou como um lugar que vende café da manhã e pão de queijo. Minha amiga tinha alertado pro serviço ruim, mas acho que nunca vi um lugar tão confuso! Demoraram pra tirar o pedido, a gente pediu um lanchinho porque achou que o almoço ia demorar eras pra chegar, e no fim meu pão de queijo só chegou depois que eu terminei de comer!


A gente pediu um bife a parmegiana, que vem com creme de batata e arroz numa panelinha super fofa <3 A comida realmente é sensacional e não é cara, mas tem que ir com paciência...

Depois ainda passei na Paulista pra dar uma voltinha e achei uma agenda baratinha pra começar a me acostumar. Não era Moleskine, mas tá valendo! Já até comecei a escrever e até recapitular as viagens mais marcantes do ano passado! Vamos ver até quando dura essa empolgação...

No domingo fiz aquela bagunça por causa da agenda, e teve bife a milanesa em casa. É uma tradição de família, minha vó fazia o melhor bife do mundo, coom casca crocante e carne no ponto, tudo macio e úmido na medida. E a tradição também manda roubar os primeiros bifes direto da cozinha, haha! Só minha mãe que reclama toda vez da bagunça que faz, mas a família agradece!

Marcadores: , , , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life