HOME | SOTMB | VY.COM.BR


#sotmb: outubro rosa... ou como devemos falar de cancer
sábado, 29 de outubro de 2016 at 12:30
2 comments


Confesso que sofri pra escrever este post. O outubro rosa é uma inciativa para encorajar as mulheres a realizar o auto exame de toque nas mamas para detectarem possíveis indícios de cancer como nódulos ou outras alterações nas mamas e nas axilas. As chances de um cancer aparecer crescem a medida que a mulher envelhece e a partir dos 35 anos é indicado que ela passe por exames "preventivos". Quanto antes o cancer for identificado e tratado, maiores são as chances de cura.

Mas diz ai, quem realmente lembra de fazer auto exame todo mês? E quem se preocupa de tentar achar um problema (afinal, quem procura, acha)?

A gente sempre acha que a gente é invencível e que cancer acontece com os outros, não com a gente. Mas vou contar, acontece sim. Pode não estar no seu corpo, mas pode aparecer ai no de alguém que você ama muito.

Eu conheci os poderes devastadores do cancer aos 16 anos. Naquela idade que a gente se acha no topo do mundo. I'm the king queen of the world!!! Pois é, mas quando você tá no topo, a única maneira de seguir em frente é pra baixo. Eu tinha todo um projeto de ir pro intercâmbio, um sonho, sabia que meus pais não tinham uma fortuna pra ficar me bancando luxo mas que eles viam naquela oportunidade a minha chance de não só realizar esse sonho como de pavimentar o meu futuro. Mas eu sabia que não tinha futuro se não tivesse família. Meu pai foi diagnosticado com um cancer de reto em estágio avançado um pouco antes de eu pagar a passagem pra viagem.

O médico deu 1 ano de sobrevida pra ele. Ia tratar da melhor forma possível, mas, falando com outro profissional da saúde, não tinha o que esconder, era essa a realidade para o caso dele.

Ainda assim meu pai insistiu e eu fui viajar, foi um dos momentos que marcaram a minha vida e definiram o meu futuro. Meu pai sobreviveu 3 anos e ainda me viu entrando na faculdade.

Meu pai sofreu? Com certeza. Ele tinha acabado de se aposentar, depois de uma vida trabalhando muito, de sol a sol. Achava que finalmente ia aproveitar a vida que tinha construído com tanto sacrifício. E nos últimos meses, a dor era física. Além do que ter um relógio da vida em contagem regressiva na cabeça não é algo pra que ninguém esteja preparado.

Mas algumas das coisas que poucas pessoas saibem é que a família sofre junto. Não existe nada que ninguém possa fazer pra melhorar a situação. Por mais que você ame alguém, você não pode dar a sua vida pra ela nessa situação. Você não pode remover a dor. Você é impotente diante do definhamento biológico de um ser humano que você ama.

Você vai me encontrar e eu vou contar que meu pai teve cancer e morreu como quem conta que foi na esquina e comeu um dogão. Mas eu não vou conseguir oferecer mais nada além disso sem me acabar em lágrimas de dor, como agora, sobre como todo o processo e cada detalhe foi e como ainda me faz sofrer pensar em tudo o que ele passou sem que eu pudesse fazer nada pra tirar isso dele e aliviar a dor que ele sentia. 

Estou longe de ser um exemplo, mas se você precisa de encorajamento pra se cuidar, pense na sua família e em quem você ama. Em como você não quer fazer essas pessoas sofrerem desnecessariamente por algo que pode ser evitado.

Se você quer saber um pouco como é ter alguém que você ama definhando diante dos seus olhos, leia o livro "A culpa é das estrelas". Não vou dar spoilers, mas o livro é sobre um casal adolescente em que ambos tem cancer. Preste atenção na segunda parte do livro (quando você lê, sabe do que eu estou falando). Mas leia, o filme não consegue passar essa parte tão bem quanto o livro.

Marcadores: , , ,

that would be me. bye!

wishlist. porque sonhar não custa nada!
quinta-feira, 27 de outubro de 2016 at 14:51
6 comments

MAOE!!! Malz ai pelo sumiço. Nem tenho desculpa pra ter desaparecido assim sem aviso a não ser a mais pura PREGUIÇA.

Eu voltei a mexer no outro domínio lá (vai lá ver!) pra abrigar uma série de posts turismologuísticos que estão por vir, mas isso nem me tomou tanto tempo assim. Mas veja. Veja também o insta do blog!

Bom, a mega sena dessa semana tá acumulada, e eu não sei vocês, mas sempre que isso acontece, eu dou um jeito de fazer uma fézinha e começo a sonhar com tudo o que o dinheiro pode pagar!

1. Viagens, viagens, VIAGENS!!!
Acho que nem sei por onde começaria. Mentira. Sei sim. Ia gastar muitos golpinhos lá na terra do Obama, mais precisamente em NYC <3


2. Pagando dívidas.
Porque pobre é foda. Mas nem são muitas dividas não. Mas existem.


3. Uma casa.
Engraçado que até pouco tempo eu não tinha vontade de comprar casa, mas acho que a maturidade tá ai. Isso ou a influência de assistir muito Property Brothers. Mas nem sei se ia querer um apartamento grande, pequeno, casa em condomínio fechado... Percebi que preciso de espaço, que fico meio incomodada de passar muito tempo fechada num lugar opressivo, mas não sei se uma bela vista resolveria...


4. Ajudar a família.
A crise tá foda, a gente tem o sobrinho pra criar, muitas bocas pra alimentar, a Brisa pra cuidar...


5. Doar para instituições assistênciais.
A gente já ajuda, mas com aquele pouquinho que garante água potável ara 6 crianças na África. Sei que a little goes a long way, mas seria incrível ajudar uma instituição tipo o GACC a dar mais conforto para as famílias necessitadas, ou doar algo lá pro camp hill, financiar algum projeto bacana em alguma comunidade necessitada... Tantas opções!!!

6. Comida, muita COMIDA!!!
Pensem só que não existiria nenhum item em nenhum cardápio no mundo que eu não pudesse pagar!!! Sério, sempre penso que o dia que eu ganhar toda essa grana vou sair pra COMEmorar muito!!! Já imagino todos os restaurantes que eu poderia ir... O Jiro!!! Fazer o melhor churrascão na laje!!! Tomar ice wine! Muito suco de laranja! Nem sei o que eu ia querer comer, não existe limite com tanto dinheiro #gordasafada


Eu sei que não sou a única que fica ai sonhando com essa grana toda na conta bancária! O que vocês fariam com tanto dinheiro???

Marcadores: , , ,

that would be me. bye!

#diarinho: quero morrer (de calor)!
segunda-feira, 24 de outubro de 2016 at 21:11
2 comments

Dei um break nos posts (que estavam sendo diários, embora não intencionalmente) porque: NÃO AGUENTO MAIS O CALOR!

Bom, semana passada começou quente demais. Na segunda-deira eu nem conseguia existir sem suar! Acho muito desagradável e fico imprestável quando fica quente demais. Me sinto muito incomodada!

Na terça, dia de feira, eu quis morrer. Não era nem meio dia ainda e o calor era de derreter! Mas não só isso, aqui na roça anda fazendo um calor úmido de derreter, muito inconveniente!!! Não basta suar, parece que o ar também se encarrega de te deixar mais melada ainda! É aquela sensação de maresia sem estar perto do mar (inclusive tem toda uma "serra" entre o mar e a cidade)!!!

Já que não tava aguentando de calor, resolvi ir passar as tarde no shopping, por causa do ar condicionado. Sério! Esse era o nível de calor. Sentava lá no Starbucks, escrevia minha agenda ou algum diário de viagem e me refrescava.

Numa dessas tardes finalmente encontrei com o que gastar meu vale presente da Renner. Depois de experimentar umas 6 calças jeans, não levei nenhuma. Mas achei um shorts preto bonitinho (ainda lamento a perda de um shorts que esqueci num hostel na Philadelphia) e um pijama de verão do Garfield (porque me dei conta que não tinha nada de um dos meus personagens favoritos dos quadrinhos!) e ainda sobrou um pouco de crédito!

Dia desses, dona Nambarinea comentou sobre uns vídeos, no nosso querido tuinter, e eu cai na grande besteira de assistir um deles. Não é que os vídeos são ruins, muito pelo contrário. Tão hipnotizantes que eu não consegui parar de ver e passei o fim de semana vasculhando o canal da Luisa Accorsi! Eu sei que ela não é uma mera desconhecida, mas levem em consideração que eu não tenho o costume de ver canais pessoais e sigo pouquissímos blogs de moda e estilo de vida, eu nunca tinha parado pra prestar atenção nela, e fazia eu muito bem, porque acho que até miinha mãe deve ter achado que eu tava com crush nela, haha (eu assisti tudo na tv da sala, muitas horas da mesma cara)!!! E gentem ela descobriu a Ásia ano passado e faz umas viagens maravilhosas, nada do lugar comum do ocidente! Eu já tô ansiosa pela viagem do ano que vem, haha!

Como eu comentei uns posts atrás, voltei pra dieta e a primeira semana foi um sucesso! 5 dias comendo só proteína. Haja ovo! Hahaha! Mas quando como mais proteína me sinto muito saciada. No fim de semana voltei a comer salada e essa semana começo intercalando dias de pura proteína com dias mistos. Mas nada de amidos até o natal!!! É um sacrifício pelo bem maior (de entrar nas minhas roupas até lá). Como eu disse, andou calor demais e eu não consegui força de vontade pra calçar o patins e ir andar no pátio do prédio. Desconfio que teria morrido derretida se tivesse tentado. Ou teria desidratado até a morte. Nossa, o calor semana passada tava foda...

Nem vou prometer voltar a postar todo dia essa semana, mas quem tá lá no grupinho do amor, seguindo o tópico dos últimos posts, fica sabendo quando eu posto ;)

Marcadores: , , , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life