HOME | SOTMB | VY.COM.BR


coisas que você deve ter em mente ao visitar o Japão
quarta-feira, 29 de julho de 2015 at 10:30
1 comments

Resolvi fazer esse post depois que me mostraram uns posts sobre Japão que dá vontade de bater de raiva nas pessoas que postaram. Todo mundo sabe que eu sou japa falsa, mas pera lá, tudo tem limites.

1. Leia muito sobre o país, a cultura e os costumes. Mas preste atenção no que está lendo! Quanto mais informações tiver sobre os hábitos locais, menos traumática será sua viagem.

2. Quanto mais vocabulário você tiver, mais fácil de entender o que acontece a sua volta, mas isso não significa que os japoneses ficarão menos tensos ao interagir com você. Se você não tiver cara de japonês eles demoram a entender o que você fala.

3. É possível se virar em inglês, mas é bom que você ao menos entenda como as coisas funcionam minimamente. Por exemplo, se precisa pegar trem e metrô em tokyo, é bom saber as linhas, cobrança, etc.

4. Eles dirigem na mão inglesa. Tome cuidado ao atravessar as ruas! Ah, e só atravesse na faixa e no farol vermelho.

5. Na escada rolante na maioria das cidades as pessoas param na esquerda e andam na direita. Em Osaka é ao contrário. Não atrapalhe o fluxo.

6. Os trens são cobrados por distância, então mantenha consigo o ticket até o fim do trajeto ou vai ter que explicar para o guarda da estação de onde veio e o que aconteceu  (e pagar novamente).

7. No trem, não faça barulho. Mantenha o telefone no modo silencioso.

8. Se estiver próximo a porta do vagão no trem cheio, dê espaço ou até desça na plataforma para permitir que as pessoas saiam.  Se estiver fora, espere todos sairem para poder entrar (é bom avisar o óbvio porque todo dia a gente vê no metrô de SP o povo tentando entrar enquanto pessoas saem e gente que não dá passagem na saída).

9. Facilite o troco para o seu próprio bem. Eles sempre tem trocado, porém a nota mais baixa é de 1000 ienes, as chances de você ter muita moeda guardada fazendo peso ao fim da viagem é  grande se não colocá-las para circular.

10. Não é costume consumir alimentos andando. É que assim você evita sujar a rua.

11. Lixeiras nas ruas são raras. Guarde seus lixos para jogar em casa, no hotel ou em algum lugar onde você milagrosamente ache uma. Jamais jogue lixo na rua! O lixo também deve ser separado de acordo, não jogue lixo no lugar errado.

12. Japoneses seguem regras, fazendo sentido ou não. Siga as regras. A casa é deles, não sua.

13. Eles não aceitam gorjetas. Eles acreditam que o trabalho tem que ser sempre bem feito.

14. Não se passa dinheiro diretamente das mãos, todo o estabelecimento tem uma bandeja pequena para que você deposite o dinheiro para o atendente. O troco é dado igualmente, contado as vezes até 2 vezes na sua frente.

15. Não se mexe com dinheiro na mesa que se come. Você deve pagar sua refeição no caixa na saída.

16. Japoneses não costumam enrolar na mesa depois da refeição, principalmente se o restaurante tiver fila de espera.

17. Se tiver amigos ou conhecidos japoneses, não presenteie com nada que esteja em 4. A antiga pronúncia do número 4 lembra a palavra morte e presentear com coisas em conjunto de 4 é desejar o mal para a pessoa presenteada.

18. Se desprenda do sushi e do sashimi! A culinária japonesa é muito mais do que peixe cru. Também se desprenda da versão ocidentalizada da comida japonesa. Esqueça cream cheese e sushi California.

19. Não se preocupe com diferença de preços pelo mesmo produto em lugares diferentes. Os valores são similares, não existe essa coisa de cobrar mais em local turístico. A diferença pode ser a versão, que pode ser exclusiva do local e não é vendida em mais nenhum lugar.

20. Vários estabelecimentos comerciais oferecem "tax free", isenção de impostos  (8%) para estrangeiros. É  preciso apresentar o passaporte no ato da compra e os produtos são embalados em um pacote especial que não deve ser violado até a saída do Japão  (a alfandega pode pedir que você apresente os pacotes lacrados para averiguar).

21. As medidas de vestuário são menores. Quem usa P no Brasil pode facilmente ser um G lá. E os sapatos em vários lugares são medidos como P M G! M é o nosso 35. Ou 23.5 cm.

22. As porções de comida também são menores que nas Américas. Os maiores pratos costumam ser de lamen e ensopados em geral. E domburis (tigela de arroz com "mistura"). Mesmo em redes como Deny's as porções parecem muito menores do que no Brasil.

23. Muitos produtos tem embalagem só em japonês, sem uma letra romanizada sequer. Ou você chega com toda a informação pronta e só compra aquilo, ou faz como eu e compra coisas que você nem sabe o que é pela aventura, haha!

24. Se não estiver em uma excursão, você vai andar pra caramba. Mais do que na Disney. Prepare-se. Leve os melhores sapatos de caminhada. E o salompas, gelol, dorflex... E claro, muita disposição!

25. Eu achei as mulheres e os jovens muito mais prestativos do que os homens de meia idade. Ou eu tive azar. Na dúvida, recorra a aqueles primeiro.

26. Em alguns banheiros públicos ainda existe a opção de vaso sanitário do tipo fosso, ou a famosa "motoquinha": a louça é no chão e você tem que se agachar para fazer as necessidades. Em geral todo banheiro público tem pelo menos uma cabine com opção de banheiro "ocidental"; é ok esperar essa opção vagar (se estiver com prisão de ventre, porém, experimentar usar o vaso "tradicional" pode te ajudar a evacuar).

Essa lista pode sofrer alterações com o passar do tempo, mas acho que por enquanto são as coisas principais e mais básicas de que me lembro!

Marcadores: , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life