HOME | SOTMB | VY.COM.BR


chegada em ringwood
quarta-feira, 2 de setembro de 2015 at 08:00
2 comments

Eu sei que deveria aproveitar mais os momntos, mas é difícil com o jetlag e tudo o que consigo fazer em ônibus é capotar de sono! As paisagens são bem diferentes daquelas que estou acostumada na América, o relevo é diferente, a vegetação e a disposição de tudo!

Chegamos no horário planejado em Ringwood e a Eszter já estava nos esperando. Em Ringwood não tem uma estação, é um agrupado de pontos em uma pracinha. A Eszter é a coordenadora da minha casa, o Junior já tinha dito que era a melhor chefe que eu poderia ter! E ela foi mesmo muito simpática. Minhas malas, claro, impessionaram, haha!


Depois de ter certeza que ninguém mais estava ali esperando para ir pro camp hill, fomos embora. De carro é rapidnho. Eu já tinha visto no street view e sabia que era no meio do mato mesmo, mas acho que tive uma impresão melhor ao vivo.

Para nossa sorte, nossa casa é a primeira do campus. Fizemos o check in e já estavamos em casa. Estavamos meio desesperados para poder desfazer nossas malas.

Nossa casa é a mais velha do campus. No segundo andar moram as crianças e no sotão tem os quartos dos voluntários. Na nossa casa já estavam 2 das alemãs e um filipino. Fomos levados para nossos quartos e eu fiquei com o melhor quarto da casa <3. Não é o maior, mas é de um bom tamanho, tem uma clarabóia e um armário decente. Os móveis são meio velhos, mas ok, dão pro gasto. Tem tomada para todos os lados e minha vista dá para o resto do campus. A noite é tranquilo, não tem muito barulho. Os quartos virados para a frente da casa tem o barulho da rodovia, mas para quem morou em São Paulo por tanto tempo, eu não acho barulhento. O quarto do Henrique é o menor da casa, mas ele já se adaptou. Depois de uns momentos de completa insatisfação, a amizade do Junior se provou valiosa e ele conseguiu uns gaveteiros para pôr ordem no canto dele. Agora estamos todos mais acomodados.


O Junior ainda nos levou para um pequeno tour do campus, mostru um pouco das casas onde trabalharemos e nos levou para a casa dele, onde conhecemos outra filipina, uma malaia e um alemão, além do Frodo (não tenho idéia ainda se o nome dele é esse mesmo!). O quarto do Junior é enorme!

Voltamos, tomamos banho e tentamos dormir num horário razoável para acordar no dia seguinte para os treinamentos.

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life