HOME | SOTMB | VY.COM.BR


a new old life
quarta-feira, 16 de novembro de 2016 at 10:30
5 comments

Ufa, que semanas! 

Quando fui demitida do emprego antigo aqui no Brasil, dei graças a deus. Já tinha uns 2 anos que estava saturada, desgastada e já tinha planos de tirar um mini sabático. Ser demitida foi ótimo pra receber dinheiros e pegar seguro desemprego. Quando fui embora, não queria olhar pra trás. Mas mesmo que eu ame a vida na Europa, eu também amo minha família e meus amigos e estava com saudades de estar perto deles. Voltar foi reconfortante, mas um pouco assustador, porque eu não tinha idéia do que eu queria. Me sinto dividida entre as benesses da vida em uma sociedade mais igualitária, justa e segura e as pessoas que eu amo. Protelei o quanto pude a "volta a ativa" e só estou aqui, agora, porque eu decidi que era isso que eu queria fazer.

Dito tudo isso, estou feliz de estar de volta a São Paulo, mas também me sinto um pouco deslocada, querendo o colo da minha mãe. Eu amo a cidade, amo a independência, mas cá estou eu de volta a ter que cuidar de mim o tempo todo, sem ninguém pra passar a mão na cabeça e fazer minhas vontades.

A mudaça foi meio desesperadora, porque tenho mesmo muita coisa. Quando cheguei de viagem, joguei fora ou dei muita coisa, mas mesmo assim, ainda tem um monte de coisa que eu não trouxe da casa da minha mãe e que eu nem sei o que fazer direito, mas de que eu sei que não quero me desfazer. Com esse feriado prolongado, consegui terminar de me acomodar de volta a antiga casa onde eu já morava antes e agora tenho que ajustar a minha rotina.

Eu não posso dizer muito sobre o trabalho ainda, parece bem legal, as pessoas parecem ser muito de boas, mas ainda é só o começo. Me sinto meio inútil e deslocada no meio das pessoas já tão integradas nos seus trabalhos. E eu não sei o nome de muita gente ainda, mesmo tendo ir almoçar com elas já e todas saberem quem eu sou. Torço pelo melhor, né, que é o que me resta.

Me pediram umas dicas de como se sair bem em entrevistas de emprego, e juro que estou tentando escrever algo! É estranho porque é não inato essa coisa de fazer entrevista pra mim que eu tenho que parar pra visualizar o que é que eu faço! Mas vai sair, eu juro!

Marcadores: , , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life