HOME | SOTMB | VY.COM.BR


conhecendo a 99pop
sexta-feira, 25 de novembro de 2016 at 10:30
4 comments

Quando mudei pra SP, há muito tempo (mais de década, já!), eu era uma pobre estudante universitária. Do tipo que ia pra balada de ônibus e tinha que esperar até o sol raiar pra pegar o ônibus de volta pra casa. Taxi, na minha concepção, era um luxo, ou uma emergência.

Graças a deus, a situação melhorou de uns tempos pra cá, e desde que consegui emprego de consultora (e não mais assistente), tem dado pra pagar uns luxos e comodidades. Tipo pegar taxi.

Mas num passado nem tão distante assim, pegar taxi era meio chato. Ou você ia/ligava no ponto de taxi, ou ligava no Rádio Taxi (e pagava uma taxa pela chamada) ou ia tentar a sorte nas ruas, procurando por um taxi. E tinha que ter dinheiro vivo pra pagar!

Ai surgiram os aplicativos pra chamar taxi do conforto de casa, e claro que aderi logo! Com a concorrência, não tardou pra aparecerem várias promoções. E a segurança de pagar no cartão e no paypal!

Ano passado, quando fui pra Inglaterra, quase ninguém aqui usava ou sabia o que era o uber. Mas menos de 1 ano depois e parece que o aplicativo virou uma febre! Porém, eu nunca concordei com as práticas da empresa, e prefiro não arriscar minha própria segurança.

Então, como nenhum amigo mais quase usa taxi, eu não estava sabendo que tanto a Easy Taxi quando a 99 tinham lançado opções de transporte em carro privativo com tarifas fixas. E nesse post, vou falar da minha experiência com a 99pop.

Ao entrar os dados da corrida no aplicativo da 99taxis, você pode escolher entre as opções, chamar um taxi comum ou um 99pop, que é um carro particular. Em todas as opções vem a estimativa de valores, e a 99pop é a mais barata entre elas, além de ter um valor pré fixado. Você sabe que não vai sair daquela variação que aparece no aplicativo. E não existe tarifa flutuante nem adicional por causa de horário! Além do que, na 99 não existe compartilhamento de corrida.

Conversando com alguns motoristas, eles aprovam o modelo da 99, porque eles são exigentes na avaliação dos carros e dos motoristas. Enquanto que no Uber qualquer um pode se cadastrar, na 99 o motorista passa por uma análise de documentos (que são mais específicos do que no Uber) e uma avaliação em pessoa. A 99 trata os motoristas melhor, cobra um pouco menos e eles se sentem mais seguros em relação aos passageiros também. Além do que, com a 99, os carros são chamados de acordo com a localização, então quem está mais próximo do passageiro é que é chamado, evitando que o motorista tenha que se deslocar um longo caminho pra chegar até o passageiro e depois levar a pessoa para um lugar que é mais próximo que o deslocamento inicial. Isso é excelente pro passageiro, que não tem que ficar esperando um tempão por um cara que vem lá de longe também.

Particularmente, eu sempre gostei na 99, por causa das promoções e por causa dos motoristas, que sempre foram simpáticos, nunca tive grandes problemas com eles. Sei que esse não é um mundo perfeito, e existe muito taxista desgraçado que acaba com nosso dia, mas gosto de saber que eles ao menos passam por um cadastro na prefeitura, que deve fazer um trabalho razoável de garantir a segurança do cidadão. No Uber, sei que qualquer doido pode se cadastrar, e se der qualquer problema, a empresa geralmente deixa o cliente na mão, e até culpa a vítima (quando não a ameaça de morte).

Marcadores: , , , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life