HOME | SOTMB | VY.COM.BR


essa coisa louca, o ciúmes
quinta-feira, 30 de outubro de 2014 at 12:47
0 comments

O ciúmes é um treco muito estranho. É um sentimento de proteção na medida certa, que deveria te fazer ser melhor, mas eu acho que eu nunca v ninguém ser melhor tendo ciúmes.

Ou será que talvez o ciúmes só seja perceptível em níveis muito altos, destrutivos, malignos?

Eu sempre me declarei uma pessoa pouco ciumenta. Sempre deixei meu ciúmes pra ser usado em casa, com meus pais e meu irmão, que não podem fazer muito, não podem deixar de me amar, hihi... Sei lá, sempre achei um sentimento tão nocivo... Eu prefiro outros pensamentos nocivos e mais motivantes, acho. Tipo ódio, haha!

Mas voltando ao ciúmes, nunca gostei desse sentimento. Eu gosto de ser livre. Mas mais importante, eu prezo muito a honestidade, a fidelidade. É praticamente um desrespeito alguém ter ciúmes de mim. Sei lá, se stou com alguém, é numa escolha. Relacionamentos são contratos, ou a gente concorda, ou então não pode dar certo.

Então eu sempre achei que se eu escolho acreditar e confiar em alguém, eu não posso ter ciúmes. Uma via de duas mãos.

Mas nem sempre é assim. Percebo que com a idade, eu tô ficando mais ciumenta. Será que é falta de confiança? Não sei, mas é um péssimo sentimento! O pior é que eu sinto ciúmes e me sinto ridícula. É instantâneo! Minha mente começa a me bomardear com tdos os argumentos lógicos para eu não ter ciúmes, mas tem aquele maldito diabinho no meu ombro dando gás pro ciúmes. É, não é fácil ter ciúmes e não acreditar nele ao mesmo tempo.

Sentimentos costumam ser coisas tão femininas, mas acho que homens parecem tão mais confortáveis em admitir que sentem ciúmes. Ou então eles usam isso como jogo sujo pra gente se sentir mais querida. Parece que a mulher que sente ciúmes é a louca (raramente é, geralmente a mulher tem razão) e o cara que tem ciúmes tá é cuidando do que gosta.

No meu caso, eu sei que tem muita coisa que a minha cabeça inventa. E bem, eu nem tenho um namorado pra ter ciúmes, o que me deixa mais emputecida ainda quando eu sinto ciúmes da pessoa errada, pelos motivos errados.

Talvez esteja mesmo na hora de entrar no gardenal.


Marcadores: , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life