HOME | SOTMB | VY.COM.BR


#diáriodeviagem: odaiba (palette town, divers e acqua)
quinta-feira, 16 de julho de 2015 at 10:30
0 comments

Acordei determinada a fazer uma maratona: ir pra Odaiba e subir no New York Bar, o bar de "Encontros e Desencontros".

Fui tomar café em um restaurante na estação e dessa vez escolhi um bem japonês. Tinha uma salada junto! Apesar das pequenas porções, dava "sustança".


Tentei entender como ir pra Odaiba, mas errei feio. Fui parara em Shinjuku e tive que voltar pra outra estação (que já esqueci o nome) pra pegar o trem pra Tokyo Teleport. Existe um outro caminho por um trem suspenso que tem uma vista melhor, mas como estava com o JR pass essa alternativa por trem subterrâneo era mais em conta.

Odaiba é uma área aterrada que foi transformada em distrito de entretenimento e compras. A Fuji tv tem estúdio lá, tem a famosa roda gigante e o tal de Pallete Town, que eu sempre li que era "o" lugar pra fazer compras em Odaiba.

O dia estava meio estranho, um nublado querendo chover mas não chovendo. Sai e logo já vi a roda gigante (não curto muito roda gigante, não gosto da sensação de ficar esperando pra descer lá no alto no fim do passeio) e Palette Town. Resolvi entrar (sempre pelo alto, porque se precisar pegar a escada é mais fácil descer, haha) e ver a decoração que é famosa. O shopping foi feito para parecer uma vila européia do século XIX. Coisas de Japão!

Entrei por uma porta lateral e logo fui apresentada a marcas japonesas. Caras. Já tava querendo dar o pé dali, quando cheguei na ala principal. A tal decorada como uma vila européia.

A parte das construções é bem fofinha. Parece uma coisa meio Disney. O que chama mais atenção, porém, é esse céu TOTALMENTE FAKE! Qual a necessidade disso? A iluminação lá dentro é meio escura e esse céu de mentira fica ainda mais falso! Juro que não consegui me conformar com isso...

Dei uma volta e achei o que valia a pena ali dentro: um outlet da Zara (comprei um colete que estava querendo há muito tempo) e uma loja de cosméticos enorme. Tinha muita coisa mesmo, era bem organizada e cheia de chinesas!

Alias, em Odaiba acho que todas as lojas são tax free. Você pode pedir isenção de impostos (8%) em compras a partir de 10.000 ienes. Porém tem que ter o passaporte em mãos e eles embalam em um pacote especial, que você não pode mexer (acho que tem que apresentar no aeroporto).

Almocei em Palette town mesmo, na praça de alimentação. Os outros restaurantes disponíveis eram de comida chinesa, coreana ou italiana! Mas acho que me dei bem porque pedi um oyakodomburi bem gostoso...

Embaixo de Palette town tem uma área de lojas "pra família". Tem pet shop e lojas de brinquedos e de coisas pra casa. Quis comprar tudo pra cachorrinha do meu irmão, mas eu sou péssima de tamanhos e acabei sem nada porque fiquei com medo de comprar coisas que não servissem =( Mas claro que comprei várias coisas inúteis na loja de criança, haha! Pena que não acho mais o kit de Lego que vi uma vez em Nova York...

Quando resolvi sair dali, estava chovendo! Não era uma chuva forte, mas era uma chuva chata. Resolvi então ir no outro shopping, porque vi que tinha H&M e Forever 21. E promoções.

Entrei no Divers e me senti em parte no Shibuya 109. O maior barulho e cheio de gente gritando!!! Tinha muito adolescente também, o que foi refrescante, num país onde parece que não tem mais jovens...

No Divers as lojas são mais acessíveis, e tem bastante coisa jovem. Também tem lojas de souvenires. A Forever 21 e a H&M de lá não impressionam. Nem a GAP e a Old Navy. Mas também, porque eu sequer entro nessas lojas no Japão, né?

Tava pronta pra ir embora quando lembrei do Gonpachi, um restaurante bem típico com uma vista sensacional. Fui até lá descansar, beber algo e esperar a chuva passar. Como eu sonho, né? Pedi uma sangria e tive um daqueles momentos de choque cultural. A sangria deles não tem as frutinhas!!! Mas tava bom... E a vista é realmente muito boa. Pena que no meio da tarde eles não sirvam nada de comer =(


A chuva não passava e eu desisti de ir no New York Bar. Resolvi explorar o Acqua, achando que era um shopping pequeno. Ledo engano! Até me perdi lá dentro! Mas dos três que visitei nesse dia, foi o que mais gostei. Tinha mais promoções, mais lojas japas, mais coisas legais em geral. Foi lá que achei o carregador portátil que eu tanto queria (da Mophie, e ainda achei em promoção o de 8 cargas, por menos de 5.000 ienes!) e um Shimamura! O Shimamura é tipo a Pernambucanas, vende de tudo, é bem barato e a qualidade é até questionável, mas vende bastante "modinha". Tinha uma dessas, enorme, perto de onde eu morava da primeira vez que fui ao Japão, tenho boas memórias de lá, então queria muito achar uma e fiquei muito feliz de achar essa do nada <3

Eu realmente me perdi no Acqua e acabei levando mais tempo pra ir embora porque eu não conseguia achar a saída!!!

Quando saí já era de noite e continuava chovendo. Eu tava de sandália, e quando cheguei no trem, tratei de colocar uma meia. Odeio pé molhado!!!

Tudo o que eu queria era comer e descansar. Resolvi comer num italiano que eu via todo dia na estação. Acho que nunca comi um macarrão tão apimentado! Mas tava bom. E eu fiquei feliz.


Apesar da viagem estar chegando ao fim, eu estava empolgada para encontrar a Gesiane no dia seguinte. O mlehor? Ela fala japonês e eu não ia passar o dia me sentindo um completo ET, haha!

Marcadores: , , , , , , , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life