HOME | SOTMB | VY.COM.BR


berlin: meine deutche ist kaput!
quarta-feira, 25 de maio de 2016 at 10:30
1 comments

Antes de ir embora da Inglaterra, queria conhecer mais um pouco da Europa. Um dos planos era ir pra Croácia no verão, mas ai, né, eu resolvi ir embora antes do verão... Sempre quis visitar Praga, Viena e Budapeste, assim, juntos, mas quanto mais pensava na logística dessa viagem, mais preguiça eu tinha, então resolvi que o destino tinha que ser único, pra facilitar.


Escolhi Berlim porque queria conhecer um pouco de Alemanha, e acho que Berlim é um lugar que representa muito da história do país e do mundo em que vivemos hoje. Muita gente achou um destino meio estranho, mas Berlim tá na moda sim, é bem jovem, tem muita história e é super hipster.

Escolhi ir de avião pois estava sozinha e não tinha trem direto. Pra ir de ônibus, além de eu achar inseguro pra mulher sozinha, é longe demais. Pesquiso sempre pelo Google Flights pois ele dá todas as opções e ainda avisa se fica mais barato viajar antes ou depois. Dá pra ver por calendário e dá até pra ver no mapa quais os lugares mais baratos! 

Escolhi o hostel de acordo com a localização de hotéis de luxo. Eu não tinha muita referência, então achei que essa era uma boa medida. E de fato, perto de onde eu escolhi tinha hotéis moderados bem bons (Melia, Hilton e Westin), além de vários restaurantes, muito comércio e atrações tipo o Friedrich Paladst.

Voei Ryan Air, o que quer dizer, sem mala despachada. O problema não é carregar só 10kgs na mala, o problema é encaixar tudo o que se precisa em uma mala tão pequena e passar na segurança. O vôo barato de verdade parte no fim da madrugada, e pra estar lá a tempo, tem que sair no fim da noite de casa, pegar o último trem e tirar um cochilo no chão do aeroporto (Stansted, fica há 01h de Londres). Ah, e tem que imprimir o cartão de embarque em casa, porque na hora é uns £ 45!!! No caso da Ryan Air ainda tem que passar pela checagem do passaporte antes de passar pela segurança.

E a segurança de aeroporto na Inglaterra é muito chata!!! Sério, nos EUA eles são meio malas, mas na Inglaterra não passa nada! O que me faz pensar que tem um cartel entre as cias e a segurança, pra fazer a gente pagar mala despachada. Impossível viajar com tão pouco liquido!!! Tive que jogar várias coisas fora, ficar esperando a mala ser revistada... Ai, um saco!!!

Escolhi ficar no Baxpax Downtown, perto da estação Friedrichstrasse do trem, com boa avaliação nos sites especializados em hostel. Além de quartos compartilhados, eles tem quartos privativos e os valores não são nada ruins. Não tem café incluso no valor da diária, mas eles tem um bar com uma boa cozinha. E fica num lugar com várias opções. Peguei um quarto compartilhado pra 04 pessoas. Eram 02 camas de solteiro e 01 beliche, bastante espaço e armários pra mala (tem que levar o próprio cadeado). Tem guarda volumes (€ 10 de depósito reembolsáveis), wi-fi gratuito e elevador. A toalha é paga, mas são € 5 reembolsáveis, então acho justo. O chuveiro é dentro do quarto, mas a privada é num banheiro fora, acessado com a chave do quarto (cada quarto tem o seu).

Pra chegar do aeroporto de Schonefeld até a cidade, tem um trem do outro lado da rua. Já no aeroporto é possível comprar um Welcome Card que dá passe livre no transporte público por quantos dias você precisar e desconto em várias atrações. Mas se quiser também tem o passe de dia inteiro só pro transporte. O único ruim é entender como que funciona tudo ao chegar e tudo estar só em alemão (mas eles todos falam inglês em Berlim). Demorei pra chegar no hostel porque fiquei que nem uma tonta esperando um trem que não tava rodando naquele dia (duh)!

Berlim é bem plana, é bem amigavel ao pedestre e tudo é relativamente perto. É uma cidade perfeita pro ciclista, tanto é que dá pra alugar bike em todo o canto, mas não é opressiva como Amsterdã ou Paris, onde tem bicicleta até demais, sabe? Só não entendi a lógica dos sinais de pedestre, ou eu ficava plantada enquanto ninguém mais esperava o sinal abrir ou eu atravessava correndo, hahaha!

Marcadores: , , , , , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life