HOME | SOTMB | VY.COM.BR


#diáriodeviagem: berlim por mim mesma
quarta-feira, 1 de junho de 2016 at 10:30
1 comments

Eu tô acostumada a explorar os lugares por conta própria, mas confesso que nessa viagem bateu uma preguicite. Eu sabia que tinha reservado muito tempo pra Berlim, mas fiz meio de propósito pra não ter pressão de ter que sair fazendo passeio todo o tempo. Foi bem bom, e eu recomendo slow travel pra todo mundo. Muito melhor do que "conhecer" um monte de lugar em um curto espaço de tempo, é melhor conhecer de verdade menos lugares (e ai também você não sente vontade de voltar pra conhecer melhor).

Quando cheguei fui até Alexanderplatz, que era bem perto de onde eu fiquei. Da ponte dava pra ver a torre de tv (que é bem famosa), mas já que eu tinha o Welcome Card (e muita preguiça), eu ia até lá de trem mesmo.

Cheguei em um sábado, então o lugar estava cheio, mas não só de gente passeando, como de gente se apresentando. Tinha um grupo de adolescentes fazendo uma coreografia bem legal. Me lembrou da época da escola que a gente fazia Angélica no prédio, haha! Claro que eles eram muito melhores. Tinham outros grupos espalhados também, atrai um bom público e é super relaxado. Bate muito sol na praça, mas no começo de maio não é muito quente, então é bem agradavel.

Alexandreplatz tem também um ótimo comércio, vários cafés e lanchonetes e lojas como TK Maxx (na Europa é TK, nos EUA é TJ), uma Primark enorme e uma loja de departamentos bem grande, que é tipo a Macy´s.

Também fui por conta até o Arkaden, o Sony Center e o Berlin Mall. O Arkaden é um centro comercial menor, mas com lojas bem legais, e é aberto no meio, dá aquela sensação de estar na rua mesmo. Todo roteiro de Berlim que eu fazia tinha o Sony Center, mas não achei nada demais. É uma praça de comércio, tem mais lugares pra comer e um Starbucks com um janelão incrível, mas só. A Legoland fica lá também, mas só pode entrar adulto acompanhado de criança, o que achei bem chato =( Já o Berlin Mall deve ser mesmo o maior centro comercial de Berlim, é um shopping enorme, com todo tipo de loja, tem até um Muji! No topo tem a praça de alimentação e lá eu achei restaurante vietnamita (na verdade, é bem comum em Berlim) e comi Pho! Mas poxa, vem lotado de coentro T.T Fiquei caçando pra tirar, mas foi bem gostoso. Não sei porque não tem em SP!

Também voltei no Muro pra visitar melhor o museu e chegar um pouco mais perto do Muro. Não é um lugar tão cheio, e o museu tem entrada gratuita (e banheiro gratuito também!). Ali tem a história da ascensão do nazismo (acho que é porque está perto do prédio da Luftwaffe). De lá, fui até o Check Point Charlie, e ali sim, é um lugar cheio de lojas de souvenir. São lojas um pouco melhores e mais caras, mas vale a pena porque são produtos melhores também. Tem o tal do Café Einstein que é bem famoso. E um Mc Donald's enorme! E um KFC. É bem engraçado ver essas coisas bem ali (o Check point Charlie era a barreira que os estrangeiros usavam para transitar entre os dois lados da cidade).

Lá embaixo tem mais coisa sobre o nazismo
O oficial é de mentirinha

Também dei uma boa volta pela Friendrichstrasse, onde encontrei uma Galeries Lafayette, e as duas lojas de chocolate que estava procurando.

A Ritter Sport é um negócio que começou pequeno e teve um grande crescimento ao longo do século XX. É conhecido por suas barras em quadradinhos e a loja do lado da Galeries Lafayette é a sua conceito, com todo o tipo de chocolate, um café no segundo andar e na porta, um bar para você "montar" o seu chocolate (recheando com até 3 ingredientes). Os doces são lindos, e bem gostosos! Não é super barato, mas vale a pena a visita. Além do que, você pode chegar, fazer o seu chocolate e esperar tomando um cafézinho (o chocolate leva meia hora pra ficar pronto e custa € 3,90 a barra menor de 12 quadradinhos).

Umas quadras pra baixo, na rua de trás, tem a Fassbender e Rausch, que é uma loja um pouco mais sofisticada, com chocolates mais caros, mas que vale a visita. Eles tem alguns monumentos da cidade esculpidos no chocolate! Não tirei foto, mas tem gente que vai lá só pra isso. O cheiro, claro, é delicioso! A loja é enorme, tem bombons recheados, chocolates diferentes, é um bom lugar pra comprar um presente mais legal, mas sem gastar muito ;)

Não andei muito pro Oranienstrasse, mas do que vi, ali tem muito bar e restaurante, quando o tempo fica bom, fica cheio de mesa na rua e tem pra todo gosto. Muitos lugares tem promoção de happy hour, de bons drinks ;). Não fui até as lojas, mas ali também tem bastante comérico, pra quem gosta, é bom pra não ficar confinado no shopping.

Uma das coisas que todo mundo faz e eu fiquei com preguiça foi a visita no Parlamento (Reichstag). Fica do lado do Portão de Bradenburgo, mas tem que agendar e rolou toda uma preguiça, fora que eu queria ficar mais livre e marcar uma visita seria ter que planejar a vida ao redor disso. Mas ele fica do lado do parque, que é enorme, e também é um ponto de interesse. Tem um biergarten ali dentro, pra quem gosta, uma ótima pedida!

Fui também até o sudeste atrás de uma papelaria, e achei uma furada, porque a tal da papelaria, Aurora, nem tinha nada demais =/. Mas valeu pra conhecer um bairro nada turístico, cheio de alemães nas ruas e lanchonetes menos pretenciosas. Comi uma pizza deliciosa e experimentei a tal da Fritzkola, um refrigerante nacional. É horrível tipo Pepsi, mas é daquelas coisas que turista acaba fazendo, né. Nem foi de propósito, é que a pizzaria era tão hipster que só tinha isso, haha!

Alias, Berlim é ultra hipster! Tudo é tão hipster que é hipster não ser hipster, sabe? Mas é legal que é um destino bem diverso, tem muito restaurante vegano (eu noto mais isso depois de "morar" tanto tempo com um vegano) e orgânico, uma verdadeira valorização do local. Tem de tudo pra todo mundo.

Marcadores: , , , , , , , ,

that would be me. bye!

about the girl

Pode me chamar de Vy. Balzaquiana com cara de universitária. Turismóloga de formação. Rodinha não só nos pés, mas no coração também. Introvertida. Blogueira old school.

good reads

@ carol c. [rolê do amor]
@ nicas
@ nati n.
@ line
@ lari
@ lomogracinha
@ fernanda n.
@ paula b.
@ thais h.
@ tany
@ lia f. [verbo ler]
@ maria t.
@ simone pearl
@ anne r. [cat loves vinyl]
@ bruna
@ pamela
@ lecticia
@ gesiane
@ chris m.
@ meire k.
@ carlos & denise

the past



extras

the simple life